quinta-feira, 15 de abril de 2010

Frutas Exóticas - Cherimóia

Também conhecida  como Cheremoya e Cherymoya, a Annona Cherimola Mill por nós brasileiros conhecida como Cherimóia, é oriunda dos Andes ocorre espontaneamente  (Equador e Peru).  Calcula-se que os Incas cultivavam cerca de setecentas espécies vegetais, dentre essas espécies a Cherimóia.

Na literatura, a palavra cherimóia vem do quíchua, língua nativa dos peruanos habitantes dos Andes, e significa sementes frias ('chiri' - frio e 'moya' - sementes).  Foram encontradas em escavações, belos jarros de terracota com representação dessa fruta nos Andes Peruanos.

Da família das Anonáceas a qual pertencem o Biribá, a Fruta-de-conde, o Araticum, a Graviola e a Atemoia, a Cherimóia esparramou-se desde o século XVIII  por todas as Américas, Europa, Madeira, Índia, Hawaí e demais regiões de clima ameno.  Propagada ao longo dos séculos por sementes, foram aparecendo numerosas variedades que diferem entre si por conta dos pormenores de seu formato, aspecto da casca, época de maturação,   características da polpa e quantidade de sementes.

Muitos autores atribuem ao   Peru como  seu centro de origem, mas outros afirmam que a fruta era desconhecida no Peru até depois as sementes foram trazidas por P. Bernabe Cobo em 1629 e que treze anos depois  desta introdução foi observado seu  cultivo e venda nos mercados de Lima. Em 1790 a cherimóia foi introduzida no Havaí por Don Francisco de Paulo Marín. Em 1785, alcançou a Jamaica, onde é cultivada  em montanhas entre 1.066-1.524 m.

A primeira plantação de cherimóia na Italia se deu em 1797,  na província de Reggio Calabria. A árvore foi plantada diversas vezes nos jardins botânicos de Singapura, primeiramente ao redor 1878 , mas nunca sobreviveu por causa do clima. Nas Filipinas, frutifica bem em regiões  de montanha em uma altura acima de 750 m. Foi introduzida na India e Ceilão em 1880 e lá é cultivada em escala reduzida em ambos os países em elevações entre 457-2.134 m. A árvore foi plantada em Madeira em 1897, então nas Ilhas Canárias, em Argel, Egito e, provavelmente através da Italia,  Líbia, Eritreia e  Somália.

Variedades
São muitas as variedades de cherimóia, mas as mais conhecidas são a fino de jete, campas, bronceada, madeira e white. No Peru, as cherimóia são classificadas de acordo com o grau da irregularidade da sua superfície, como: “Lisa”, quase lisa; “Impresa”, com depressões da “impressão digital”; “Umbonada”, com saliências arredondadas;  “Tuberculada”, com as saliências cónicas que têm pontas.


A árvore da Cherimóia é de porte médio podendo chegar a dez metros de altura se crescer livremente. É uma planta perene.  Suas folhas têm formato de lança e  uma coloração verde-escura. As flores possuem três pétalas cor de creme, formando uma pirâmide quando fechada.  As frutas têm características diferentes conforme a variedade, com casca  verde e pode ser lisa ou ter pequenas protuberâncias. Os frutos pesam de 200 gramas a dois quilos. A polpa é branca e tem sabor adocicado. Nela se alojam de 20 a 40 sementes pretas. Excelente fonte de vitaminas e sais minerais, é deliciosa ao natural, em sorvetes sucos e compotas.

Uma grande quantidade de fibras lhe conferem a propriedade laxantes contribuindo também na redução das taxas de colesterol no sangue e o controle da glicemina nas pessoas diabéticas. Como é rica em potássio e baixa quantidade de sódio, é recomendada também aos que padecem de hipertensão arterial. A fruta contém também consideravel quantidade de vitamina C que resulta muito útil no fortalecimento das defesas durante o inverno.

Na  cosmética é muito  usada na hidratação dos cabelos,  sendo ideal na hora de reduzir o volume. As sementes são esmagadas e usadas como insecticida.
fontes:http://www.hort.purdue.edu/newcrop/morton/cherimoya.html:Cati; Wkp

3 comentários:

  1. Na familia das annonacias exite a annona glabra, mais conhecida como ariticum do brejo ou tiramóia. Gostaria de saber mais sobre essa fruta.

    ResponderExcluir
  2. Exótica mesmo, e muito rica! bjs

    ResponderExcluir
  3. Sem dúvida amiga, grata pela presença.bjks

    ResponderExcluir